PHP 7.4.22 Released!

Instalação em sistemas Unix

Índice

Essa seção é um guia geral para configuração e instalação do PHP em sistemas Unix. Verifique se existe uma seção específica para usa plataforma ou servidor web antes de começar o processo.

Como nosso manual destaca na seção Considerações Gerais sobre Instalação, nós estamos lidando principalmente com configurações web do PHP nessa seção, embora cobriremos instalação do PHP para uso em linha de comando também.

Existem várias maneiras de instalar o PHP para a plataforma Unix, ou com um processo de compilar e configurar, ou atráves de vários métodos pré-empacotados. Essa documentação é focada principalmente no processo de compilação e configuração do PHP. Muitos sistemas baseados no Unix tem alguma forma de sistema de instalação de pacotes. Isso pode ajudar na instalação de uma configuração padrão, mas se você precisar ter uma série de características diferentes (como um servidor seguro, ou um driver de banco de dados diferente), você pode precisar montar o PHP e/ou servidor web. Se você não estiver familiarizado com o processo de montar e compilar seu próprio software, vale a pena checar se alguém já montou um pacote do PHP com as características que você precisa.

Pré-requisitos de software e de conhecimento para compilar:

  • Conhecimento básico de Unix (ser capaz de operar o "make" e um compilador C)
  • Um compilador ANSI C
  • A web server
  • Quaisquer componentes específicos (como GD, PDF, etc.)

Quando compilando diretamente dos fontes Git ou depois de modificações você também precisará de:

  • autoconf: 2.13+ (para PHP < 5.4.0), 2.59+ (para PHP >= 5.4.0), 2.64+ (para PHP >= 7.2.0)
  • automake: 1.4+
  • libtool: 1.4.x+ (exceto 1.4.2)
  • re2c: 0.13.4 ou superior
  • flex: Versão 2.5.4 (para PHP <= 5.2)
  • bison:
    • PHP 5.4: 1.28, 1.35, 1.75, 1.875, 2.0, 2.1, 2.2, 2.3, 2.4, 2.4.1, 2.4.2, 2.4.3, 2.5, 2.5.1, 2.6, 2.6.1, 2.6.2, 2.6.4
    • PHP 5.5: 2.4, 2.4.1, 2.4.2, 2.4.3, 2.5, 2.5.1, 2.6, 2.6.1, 2.6.2, 2.6.3, 2.6.4, 2.6.5, 2.7
    • PHP 5.6: >= 2.4, < 3.0
    • PHP 7.0 - 7.3: 2.4 ou maior (incluindo Bison 3.x)
    • PHP 7.4: > 3.0

O processo inicial de configuração de instalação do PHP é controlado pelo uso de opções de linha de comando do script configure. Você pode pegar a lista de todas as opções disponíveis junto com uma pequena explicação executando o comando ./configure --help. Nosso manual documenta as diferentes opções separadamente. Você encontrará as opções principais no apêndice, enquanto as opções específicas das diferentes extensões são descritas nas páginas de referência.

Quando o PHP é configurado, você está pronto para montá-lo como módulo e/ou executável. O comando make deve tomar conta disso. Se ele falhar e você não conseguir descobrir a razão, veja a Seção de Problemas.

Nota:

Alguns sistemas Unix (como OpenBSD e SELinux) podem não permitir o mapeamento de páginas graváveis e executáveis por razões de segurança, o que é chamado de PaX MPROTECT ou proteção de violação W^X. Este tipo de mapeamento de memória é, entretanto, necessário para o suporte JIT do PCRE, então ou o PHP deve ser construído sem o suporte JIT do PCRE, ou o binário deve ser colocado na lista de permissões por qualquer meio fornecido pelo sistema.

Nota: Compilação cruzada para ARM através do toolchain Android não é surportado.

add a note add a note

User Contributed Notes 2 notes

up
11
cj3 at clifjackson dot net
3 years ago
I recently ran in to a situation where I was building PHP 7.1.13 from source. Configuration & make went fine, however, when I ran make install it hung. It turns out that if you are building PHP with Apache (apxs) the make file calls apxs with the -a flag which tells it to modify the httpd.conf file. If, for whatever reason, the file is not writeable then it fails and you get the hang.

Line 108 in my Makefile looks like this:

INSTALL_IT = $(mkinstalldirs) '$(INSTALL_ROOT)/usr/lib64/httpd/modules' && $(mkinstalldirs) '$(INSTALL_ROOT)/etc/httpd/conf' && /usr/sbin/apxs -S LIBEXECDIR='$(INSTALL_ROOT)/usr/lib64/httpd/modules'      -S SYSCONFDIR='$(INSTALL_ROOT)/etc/httpd/conf' -i -a -n php7 libphp7.la

I had to remove the -a flag and then it was fine.
up
-20
Arjan van Bentem
15 years ago
When using Red Hat Fedora, beware of Security Enhanced Linux, SELinux.

Quoted from Red Hat: "The security goal is to make sure that Apache HTTP is only reading the static Web content, and not doing anything else such as writing to the content, connecting to database sockets, reading user home directories, etc."

These limitations include, among many other things, using mkdir to create directories, using fopen to access files, using fopen or get_headers to read URLs, or using exec to run external applications that happen to use sockets (or maybe access some files, but which will run fine when executed from the command line as Unix user apache or httpd -- such as HylaFAX "faxstat" as invoked from nweb2fax recvq.php and sendq.php).

See /var/log/messages for any denials due to the SELinux policy. To disable it:

- System, Administration, Security Level and Firewall
- open the SELinux tab
- click the Transition tree
- check Disable SELinux protection for Apache HTTP
- execute /etc/init.d/httpd restart

See also http://fedora.redhat.com/docs/selinux-faq/ and http://php.net/results.php?q=selinux&p=wholesite
To Top