LaravelConf Taiwan 2020 CFP Started

Funções anônimas

Funções anônimas, também conhecidas como closures, permitem a criação de funções que não tem o nome especificado. Elas são mais úteis como o valor de parâmetros callback, mas podem tem vários outros usos.

Funções anônimas são implementadas utilizando a classe Closure

Exemplo #1 Exemplo de Função Anônima

<?php
echo preg_replace_callback('~-([a-z])~', function ($match) {
    return 
strtoupper($match[1]);
}, 
'hello-world');
// outputs helloWorld
?>

Closures também podem ser utilizadas como valores de variáveis; o PHP automaticamente converte expressões assim em instancias da classe interna Closure. Definindo um closure a uma variável usa a mesma sintaxe que qualquer outra definição, incluindo o ponto-e-vírgula:

Exemplo #2 Exemplo de como definir uma função anônima para uma variável

<?php
$greet 
= function($name)
{
    
printf("Hello %s\r\n"$name);
};

$greet('World');
$greet('PHP');
?>

Closures também podem herdar variáveis do escopo pai. Essas variáveis precisam ser referenciadas utilizando a instruçãouse. A partir do PHP 7.1, essas variáveis não devem incluir superglobals, $this, ou variáveis com o mesmo nome como um parâmetro.

Exemplo #3 Herdando variáveis do escopo anterior

<?php
$message 
'hello';

// Sem "use"
$example = function () {
    
var_dump($message);
};
$example();

// Inherit $message
$example = function () use ($message) {
    
var_dump($message);
};
$example();

// Herdando valor da variável quando a função é definina,
// não quando é chamada
$message 'world';
$example();

// Reseta mensagem
$message 'hello';

// Herdando por referência
$example = function () use (&$message) {
    
var_dump($message);
};
$example();

// O valor modificado no escopo pai
// reflete quando a função é chamada
$message 'world';
$example();

// Closures também aceitam argumentos normais
$example = function ($arg) use ($message) {
    
var_dump($arg ' ' $message);
};
$example("hello");
?>

O exemplo acima irá imprimir algo similar à:

Notice: Undefined variable: message in /example.php on line 6
NULL
string(5) "hello"
string(5) "hello"
string(5) "hello"
string(5) "world"
string(11) "hello world"

Herdar variáveis do escopo pai não é o mesmo que usar variáveis globais. Variáveis globais existem no escopo global, o qual é o mesmo não importa a função sendo executada. O escopo pai de um closure é a função no qual o closure foi declarado (não necessáriamente a função apartir do qual ele foi chamado). Veja o exemplo a seguir:

Exemplo #4 Closures e escopo

<?php
// Um exemplo básico de carrinho de compras que contém uma lista de produtos
// e a quantidade de cada produto. Inclui um método que
// calcula o preço total dos itens no carrinho utilizando uma
// closure como callback.
class Cart
{
    const 
PRICE_BUTTER  1.00;
    const 
PRICE_MILK    3.00;
    const 
PRICE_EGGS    6.95;

    protected 
$products = array();

    public function 
add($product$quantity)
    {
        
$this->products[$product] = $quantity;
    }

    public function 
getQuantity($product)
    {
        return isset(
$this->products[$product]) ? $this->products[$product] :
               
FALSE;
    }

    public function 
getTotal($tax)
    {
        
$total 0.00;

        
$callback =
            function (
$quantity$product) use ($tax, &$total)
            {
                
$pricePerItem constant(__CLASS__ "::PRICE_" .
                    
strtoupper($product));
                
$total += ($pricePerItem $quantity) * ($tax 1.0);
            };

        
array_walk($this->products$callback);
        return 
round($total2);;
    }
}

$my_cart = new Cart;

// Add some items to the cart
$my_cart->add('butter'1);
$my_cart->add('milk'3);
$my_cart->add('eggs'6);

// Print the total with a 5% sales tax.
print $my_cart->getTotal(0.05) . "\n";
// The result is 54.29
?>

Exemplo #5 Vinculação automática do $this

<?php

class Test
{
    public function 
testing()
    {
        return function() {
            
var_dump($this);
        };
    }
}

$object = new Test;
$function $object->testing();
$function();

?>

O exemplo acima irá imprimir:

object(Test)#1 (0) {
}

O exemplo acima irá imprimir no PHP 5.3:

Notice: Undefined variable: this in script.php on line 8
NULL

A partir do PHP 5.4.0, ao ser declarada no contexto de uma classe, a classe corrente é automaticamente vinculada a ela, tornando $this disponível dentro do escopo da função. Se essa vinculação automática da classe corrente não for o comportamento esperado, funções anônimas estáticas podem ser utilizadas.

Funções anônimas estáticas

A partir do PHP 5.4, funções anônimas podem ser declaradas estaticamente. Evita que a classe corrente seja automaticamente vinculada a ela. Objetos também podem não serão vinculadas a ela em tempo de execução.

Exemplo #6 Tentando utilizar o $this de dentro de uma função anônima estática

<?php

class Foo
{
    function 
__construct()
    {
        
$func = static function() {
            
var_dump($this);
        };
        
$func();
    }
};
new 
Foo();

?>

O exemplo acima irá imprimir:

Notice: Undefined variable: this in %s on line %d
NULL

Exemplo #7 Tentando vincular um objeto a uma função anônima estática

<?php

$func 
= static function() {
    
// function body
};
$func $func->bindTo(new StdClass);
$func();

?>

O exemplo acima irá imprimir:

Warning: Cannot bind an instance to a static closure in /in/sLLS9 on line 5

Changelog

Versão Descrição
7.1.0 Funções anônimas podem não incluir superglobals, $this, ou qualquer variável com o mesmo nome como um parâmetro.
5.4.0 $this pode ser utilizado em funções anônimas, bem como ser declarada estaticamente.
5.3.0 Funções anônimas disponibilizadas.

Notas

Nota: É possível utilizar func_num_args(), func_get_arg() e func_get_args() dentro de closures.

add a note add a note

User Contributed Notes

There are no user contributed notes for this page.
To Top